terça-feira, 12 de março de 2013

Sem conversa

Você não quer dizer mais nada,
depois que o beijo engoliu metade das palavras
e te deu tempo para pensar.
A liberdade não pode ser pela metade,
então eu tento soltar o nó
para que o cordão nos una.

Tenho que estar presente
para poder te ver,
e não imaginar que criei você
a partir do espaço vazio
que carrego em volta do meu corpo.

Tenho que estar presente
para ouvir você falando
que não tem mais palavras
para pronunciar pelos lábios,
que não tem mais nada para  me dizer,
mas ainda assim,
ver os seus olhos falando com os meus.

Um comentário: