quinta-feira, 7 de julho de 2016

Batalha no sonho

Eis a bela que me cobre
dentro de uma vida que nem tenho
numa cama de casal
sou guerreiro suado e ferrenho.

Ela que nem me conhece
que apenas pra mim existe aqui
vive apenas em sonho
na aurora chega a hora de desistir.

Eu que desfaço o meu leito
sem nenhum motivo aparente luto
para chegar mais perto
e jamais encontro tal corpo oculto.

Ela que me prende enlaçado
no longo cabelo de seda suado
ao acordar tenho do lado
de algodão só o lençol surrado. 

Um comentário:

  1. ilusões de momentos
    estados de alma em contra mão
    beijinhos Poeta
    :)

    ResponderExcluir